Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Acessos:
InŪcio do conteķdo da pŠgina
Últimas notícias

Edital de auxílio ao pesquisador 2015 disponibiliza R$700 mil em recursos

  • Publicado: Ter√ßa, 31 de Mar√ßo de 2015, 16h02
  • Acessos: 1467

Edione Abreu

Fomentar as atividades de pesquisa e inova√ß√£o no √Ęmbito da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP), estimular o desenvolvimento de projetos de pesquisa e inova√ß√£o, contribuir para a consolida√ß√£o da UFOP como centro de refer√™ncia em pesquisa e inova√ß√£o atrav√©s do fortalecimento dos seus programas de P√≥s-Gradua√ß√£o e grupos de pesquisa s√£o alguns dos objetivos do Edital de Aux√≠lio Financeiro ao Pesquisador 2015. Servidores da institui√ß√£o sob a orienta√ß√£o do coordenador do projeto de pesquisa podem pleitear o aux√≠lio.

 

¬†As inscri√ß√Ķes seguem at√© o dia 19 de abril e podem ser efetuadas no site da Pr√≥-Reitoria de Pesquisa e P√≥s-Gradua√ß√£o (PROPP). O pr√≥-reitor adjunto da PROPP, professor Alberto Fonseca, explica que o edital traz uma op√ß√£o a mais para apoiar as pesquisas em andamento. "O interessante √© que o edital tem n√≠veis de concorr√™ncia, o que democratiza o acesso aos recursos com base na maturidade do pesquisador", enfatiza Fonseca. ¬†

 

Pró-reitor Adjunto assumiu a função em fevereiro e fica por dois anos. Foto: Edione Abreu

 

De acordo com o edital, o auxílio financeiro ao pesquisador visa subsidiar, de forma parcial, despesas urgentes e específicas necessárias à boa condução dos projetos de pesquisa e de inovação tecnológica. Em 2015, os recursos disponibilizados pela universidade para o auxílio financeiro ao pesquisador chegam a R$700 mil.

 

A√á√ēES DA PROPP

O professor Alberto ressalta que há dez anos a UFOP tinha dez cursos de pós-graduação e hoje chegam a 38. Entretanto, ele lembra que existe muito trabalho a ser feito na área de Pesquisa e Pós-Graduação. "Pretendo, junto com a equipe da PROPP, dar continuidade às metas internas e apoiar o crescimento e a melhoria da qualidade".

 

¬†Alberto ainda frisa que a Escola de Minas tem dois cursos nota cinco (Engenharias Ambiental e Civil) e que a equipe da PROPP vai incentivar a melhoria dos outros cursos e, com isso, criar novos doutorados. "Engenharia de Produ√ß√£o, Mec√Ęnica e Arquitetura s√£o ¬†√°reas que n√£o t√™m uma P√≥s-Gradua√ß√£o e t√™m potencial para crescer", finaliza.

registrado em:
Fim do conteķdo da pŠgina