Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Acessos:
InŪcio do conteķdo da pŠgina
Últimas notícias

Empreendedorismo é tema no FCTEM

  • Publicado: Segunda, 10 de Outubro de 2016, 15h15
  • √öltima atualiza√ß√£o em Segunda, 10 de Outubro de 2016, 15h15

Matheus Cardoso

 

Na sequ√™ncia do FCTEM (F√≥rum de Ci√™ncia e Tecnologia da Escola de Minas), no dia 5 de outubro, v√°rias atividades foram realizadas, entre as quais a palestra ‚ÄúEmpreendedorismo e Inova√ß√£o‚ÄĚ, ministrada pelos professores Andr√© Lu√≠s e Rodrigo Bianchi, ambos da UFOP. Foi destaque tamb√©m a palestra sobre a empresa AngloGold Ashanti, ministrada por Leandro Almeida, economista pela UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) com forma√ß√£o executiva pela Kellogg School of Management.

 

Um pouco mais sobre o empreendedorismo

Durante as palestras, os participantes puderam aprender um pouco mais sobre o que √© o empreendedorismo. Os palestrantes explicaram as diversas defini√ß√Ķes sobre o que √© empreender, como por exemplo a defini√ß√£o do economista austr√≠aco Joseph A. Schumpeter, no livro ‚ÄúCapitalismo, socialismo e democracia‚ÄĚ, publicado em 1942, que associa o empreendedor ao desenvolvimento econ√īmico.

Segundo ele, o sistema capitalista tem como característica inerente uma força que ele denomina de processo de destruição criativa, fundamentando-se no princípio que reside no desenvolvimento de novos produtos, novos métodos de produção e novos mercados. Em síntese, trata-se de destruir o velho para se criar o novo. Pela definição de Schumpeter, o agente básico desse processo de destruição criativa está na figura do que ele denominou de empreendedor.

 

O que é ser empreendedor?

O Prof. Rodrigo Bianchi, do DEFIS (Departamento de F√≠sica-UFOP), explicitou que Empreendedorismo e Inova√ß√£o n√£o ficam presos √† cria√ß√£o de novas ideias e produtos, mas tamb√©m se referem √† altera√ß√£o daqueles j√° previamente criados. √Č caracter√≠stica do empreendedor ter sensibilidade de perceber que uma √ļnica atividade que envolve v√°rias pessoas deve contar com um ‚Äúplano B‚ÄĚ, para poss√≠veis problemas.

O Prof. Andr√© Lu√≠s Silva, do DEPRO (Departamento de Engenharia de Produ√ß√£o - UFOP) deixou um recado para os graduandos da Universidade Federal de Ouro Preto: ‚ÄúO mercado de trabalho est√° extremamente concorrido para ser empregado nas grandes empresas. Talvez um caminho alternativo para o graduando seja focar o empreendedorismo, j√° que s√£o in√ļmeras as oportunidades, n√£o somente na cria√ß√£o de novos produtos ou processos, mas tamb√©m na modifica√ß√£o daqueles que j√° se encontram difundidos e consolidados‚ÄĚ.

 

AngloGold Ashanti

O palestrante Leandro Almeida, graduado em Economia pela UFMG e funcion√°rio da AngloGold Ashanti, enalteceu os pontos positivos de se trabalhar em uma empresa multinacional.

A AngloGold Ashanti é uma grande empregadora no Brasil e no mundo, contando com cerca de 160 mil funcionários distribuídos em 9 países. No Brasil, a empresa tem 3 complexos, sendo 2 em Minas Gerais e 1 em Goiás.

O principal produto da empresa √© o ouro mineral, primordialmente lavrado em subsolo. Dados de 2015 mostram que a AngloGold extraiu 17000 toneladas de ouro somados em todas as suas cavas. Al√©m do ouro, outras fontes de renda da empresa s√£o a gest√£o imobili√°ria, a venda de energia e a produ√ß√£o de √°cido sulf√ļrico.

Leandro Almeida apresentou algumas inova√ß√Ķes que est√£o sendo implantadas na empresa, como: detona√ß√£o remota de explosivos, sistema anticolis√£o de m√°quinas e carregadeira semiaut√īnoma. Destacou o Sistema VOD (Ventilation on Demand), que consiste em acionar os ventiladores de acordo com a demanda de troca de gases, sem perigo para os trabalhadores e sem perda de efici√™ncia.

Outra novidade é o Ore Sorting, que consiste na concentração do minério a partir da eliminação prévia do estéril. O minério de menor teor é retirado com a utilização de jato de ar comprimido e a verificação é realizada com um infravermelho, que analisa a composição mineralógica da mistura instantaneamente.

 

Ampliação da visão de mercado

O estudante Vitor Hugo Gomes Magalh√£es, graduando em Engenharia Mec√Ęnica pela Escola de Minas-UFOP, comentou sobre a import√Ęncia do evento para os alunos e suas perspectivas para o mercado de trabalho.

Ele agradeceu √† diretoria da Escola de Minas pela realiza√ß√£o do FCTEM. ‚ÄúAgrade√ßo √† Escola a oportunidade de participar de um evento desse porte, de forma gratuita e com a presen√ßa de professores renomados em suas √°reas e profissionais competentes de grandes empresas multinacionais, AngloGold e Vale, dando seus depoimentos e nos mostrando um pouco de suas rotinas. Houve uma grande ades√£o dos alunos, pois o evento amplia nossa vis√£o de mercado e revigora nossa empolga√ß√£o e a esperan√ßa de entrar para o mercado de trabalho logo ap√≥s a gradua√ß√£o‚ÄĚ, observou ele, que ir√° se formar em 2017.

 

registrado em:
Fim do conteķdo da pŠgina