Notice: Undefined offset: 1 in /home/siteem/public_html/plugins/system/k2/k2.php on line 702
V Café Geofísico da Escola de Minas - Escola de Minas Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Acessos:
Incio do contedo da pgina
Últimas notícias

V Café Geofísico da Escola de Minas

  • Publicado: Quarta, 03 de Outubro de 2018, 16h56
  • Última atualização em Quarta, 03 de Outubro de 2018, 17h00

Por Airton José Silva Neto

O evento é uma promoção da SGA (Sociedade de Geofísica Aplicada) em parceria com a SEG (Society of Exploration Geophysicists)

No V Café Geofísico da EM, realizado no dia 12 de setembro no auditório 2 do DEGEO, o Engenheiro de Minas graduado pela Escola de Minas/UFOP, Eduardo José Diniz, e que atualmente trabalha na PCP Engenharia, falou sobre “O uso do Willowstick Tecnologies para identificação de fluxos de águas subterrâneas”.

Willowstick é um aparelho que fornece métodos rápidos e não intrusivos para identificar, mapear e modelar caminhos preferenciais de conexão de água subterrânea. Como um angiograma que permite ao médico ver o fluxo sanguíneo dentro do corpo, o método PCP/Willowstick é capaz de identificar rapidamente os caminhos do fluxo de águas subterrâneas.

Esta técnica é uma ferramenta poderosa para identificar vazamentos através ou sob aterros projetados, vazamentos através de revestimentos inacessíveis ou para encontrar caminhos preferenciais de fluxo de águas subterrâneas.

O método Willowstick é uma técnica geofísica ativa. Os métodos ativos funcionam transmitindo sinais feitos pelo homem, como ondas de percussão ou correntes elétricas, pela terra. Dessa forma, o Willowstick funciona através da introdução de uma corrente elétrica diretamente na água de interesse. Utiliza-se a água subterrânea de interesse como meio para nos ajudar a estabelecer um circuito elétrico. Ao medir o campo magnético gerado pelo fluxo de corrente elétrica na água, pode-se identificar se há e a localização de quaisquer caminhos preferenciais de conexão de água.

Eduardo, durante a apresentação, fez a análise de casos de utilização do aparelho e discussão dos resultados obtidos com processamentos de dados que proporcionaram a elaboração de modelos 3D pela empresa sobre percolações de fluidos em estruturas.

Sobre o Café Geofísico

O Café Geofísico é um projeto desenvolvido pela SGA, pelo menos duas vezes por semestre, que promove palestras cujos temas sejam sobre aplicações de métodos geofísicos em vários ramos da ciência, como arqueologia, hidrogeologia, geotecnia, dentre outros. O evento é divulgado na página da instituição no Facebook e Instagram. O Café Geofísico é aberto a toda a comunidade acadêmica e ouro-pretana.

 

registrado em:
Fim do contedo da pgina