Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Acessos:
InŪcio do conteķdo da pŠgina
Últimas notícias

Projeto de Pesquisa do Professor Frederico Sobreira visa melhoria dos solos

  • Publicado: Quarta, 24 de Dezembro de 2014, 19h06
  • √öltima atualiza√ß√£o em Quarta, 24 de Dezembro de 2014, 19h06

Isabela Porto

O projeto de¬†pesquisa¬†‚ÄúElabora√ß√£o de cartas de aptid√£o √† urbaniza√ß√£o frente aos desastres naturais nos munic√≠pios de Juiz de Fora, Nova Lima e Erv√°lia do Estado de Minas Gerais‚ÄĚ, coordenado pelo professorFrederico¬†Sobreira, ¬†tem o objetivo de desenvolver, conceitos, metodologias e procedimentos para a elabora√ß√£o de cartas geot√©cnicas de aptid√£o √† urbaniza√ß√£o.

Os produtos a serem gerados buscam fornecer¬†subs√≠dios para os Planos Diretores Municipais e novos projetos de parcelamento do solo, incorporando diretrizes voltadas para a preven√ß√£o dos desastres naturais, especialmente aqueles associados a deslizamentos de encostas, enxurradas, corridas de massas, inunda√ß√Ķes bruscas e graduais e processos hidrol√≥gicos e geol√≥gicos correlatos.

O projeto est√° inserido no Plano Nacional de Gest√£o de Riscos e Resposta a Desastres Naturais do Governo Federal, cujo objetivo √© prevenir trag√©dias em regi√Ķes atingidas por desastres naturais e fen√īmenos clim√°ticos, por meio de um conjunto de a√ß√Ķes, compostas por¬†quatro eixos de atua√ß√£o: Preven√ß√£o, Mapeamento, Resposta e Sistema de Monitoramento e Alerta, com a√ß√Ķes de estrutura√ß√£o da rede de monitoramento, previs√£o e alerta.

O estudo aborda três municípios de Minas Gerais - Juiz de Fora, Nova Lima e Ervália - com características distintas em vários aspectos, sendo os principais a extensão territorial, a população das cidades, o contexto geológico-geomorfológico do meio físico, a infraestrutura e nível de informação existente sobre o território e a gestão territorial e seus instrumentos legais.

No √Ęmbito da¬†pesquisa, est√£o sendo desenvolvidos um trabalho de doutorado, um de mestrado, um trabalho de conclus√£o de curso e um est√°gio supervisionado por discentes da UFOP que participam da equipe.

O Ministério da Cidades, por meio de termo de Cooperação assinado com a UFOP em dezembro de 2013 é a fonte de financiamento dos custos e bolsas de estudo.

 A conclusão dos trabalhos está prevista para maio do ano que vem.

 

registrado em:
Fim do conteķdo da pŠgina